A Rádio Gazeta do Jacuí

Os 31 Anos do Jornal Gazeta Mineira e a Inauguração da Gazeta do Jacuí FM

Neste ano, precisamente dia 14 de novembro, adentramos no 31º ano de circulação ininterrupta da Gazeta Mineira. Marca invejável no jornalismo interiorano do Brasil. Poucos jornais alcançaram e alcançam esta marca sob a mesma direção.

Possui Linha Editorial independente, uma das principais características e virtudes de nosso semanário.

Com o jargão: Quem lê aqui sabe mais e sabe antes?, não usamos de subterfúgios para escancaramos a verdade dos fatos, por mais dolorosos que possam ser para alguém ou grupo de pessoas que não estejam comprometidas com a boa fé pública.

Como disse o escritor russo Dostoievski: Para ser universal, fale de sua ALDEIA?. Com base nisso temos consciência de que o jornal e a rádio locais exercem papel importantíssimo na sociedade informacional, na medida em que se constituem, por suas próprias características, em espaço de reflexão das comunidades em um mundo cada vez mais integrado, veloz e mutante devido às inovações causadas pelas tecnologias da informação.

Neste contexto, quero registrar que a partir de hoje entra no ar, oficialmente, a Gazeta do Jacuí FM 87.5,a primeira no rádio, 24 horas no ar, com site próprio, com acessos na internet, iPhone, iPad, Android e nas redes sociais.

Vejam os senhores que ousamos, de novo, foi assim quando fomos pioneiros em um jonral bi-semanário, na inauguração da Rádio Charqueadas, a primeira FM da Região Carbonífera, como sócio e fundador da Rádio São Jerônimo. A primazia é nossa, o privilégio é dos ouvintes.

Vamos, também na rádio, seguir a nossa linha editorial: Não temos vinculação com nenhum órgão publico municipal, estadual ou federal que amordace qualquer uma de nossas edições, pois veiculamos publicidades com o propósito de vender a boa imagem de nossos clientes, não a de sermos comprados para nos beneficiarmos das benesses de alguns interesseiros.

Temos sido ao longo destas três décadas, presença marcante na casa de cada um de nossos leitores e ouvintes. Aos que acreditam no jornalismo sério, responsável, sem comprometimento com o poder público, e com o compromisso de estar ao lado da comunidade, saibam que continuaremos firme neste propósito.

Pautamos, há bastante tempo, não só por notícias, mas em pautar os temas de interesse da região e mobilizar as comunidades para pressionar autoridades e políticos por meio de campanhas em defesa de melhorias na qualidade de vida, dos serviços públicos, obras e pelo planejamento estratégico de políticas públicas.

Com esta prática profissional de um jornalismo diferente, atuante e respeitado, o diretor de nossa empresa foi Presidente da ADJORI/RS - Associação dos Jornais do Interior do Rio Grande do Sul e atualmente preside a ABRARJ - Associação Brasileira de Jornais e Revistas, com sede em São Paulo. Tal posição reveste-se de importância na medida em que servem estas entidades para a defesa do bom jornalismo no País.