Triunfo | Vereador pede que prefeito exonere advogada

Vereador Valmir Massena, popular “Porongo”, usa o espaço na Tribuna da Câmara de Vereadores de Triunfo, em sessão ordinária realizada na segunda-feira (14), para cobrar do Executivo a condição de funcionária pública, detentora de CC – Cargo de Confiança, que estaria ocupando função dupla, no município e na capital. De acordo com o parlamentar, Juliana Jochade Pereira ocupa o cargo de assessora jurídica em Triunfo, e dá palestras na DPM – Delegações de Prefeitura Municipais, um órgão consultivo às administrações do RS. O vereador questiona o fato da servidora ter uma vinculação com o município, e já ter agenda para cursos em Porto Alegre, exercendo assim função dupla. De acordo com Valmir, a advogada tem curso agendado para dar palestra no dia 6 de junho do corrente ano. Ao ter certeza dessa condição, o parlamentar triunfense foi à tribuna e pediu que o prefeito Valdair Gabriel Kuhn, Belô, seja sensível com a comunidade, especialmente com os demais funcionários públicos, e veja o que será feito em relação a advogada. “Estamos diante de uma realidade dura, onde se comenta a possibilidade de parcelamento de salários. Assim, não é admissível que o prefeito dê espaço para quem já tem outra atividade. E some-se a isso o fato desta advogada ser esposa de Ernesto Fagundes, com quem o município assinou contrato de R$ 9 mil para que fosse destaque em espaço de menos de cinco minutos na mídia estadual. “Quanto aos R$ 9 mil, estes já foram, mas o que espero é que o prefeito se sensibilize e avalie melhor a situação desta funcionária”, arrematou.