Rádio Gazeta do Jacuí entrevista Governador Sartori direto do Palácio Piratini

Marco histórico para a comunicação da Região Carbonífera. A Rádio Gazeta do Jacuí foi a primeira emissora radiofônica a transmitir um programa diretamente dos estúdios do Palácio Piratini em Porto Alegre.  

Na tarde da quinta-feira (05), no Programa Linha Direta, o Governador do Estado, José Ivo Sartori repercutiu a sua visita a Região Carbonífera no dia 26 de junho. Direto do Palácio, ele conversou com o diretor do Grupo Gazeta de Comunicação, Gerson de Barros Galvão Filho e com o comunicador Patrick Vieira, o técnico Ronaldo Barbosa e o gerente Cristiano Junqueira acompanharam a entrevista. Nos estúdios da emissora em São Jerônimo, estavam Jorge Matias e Leo Bartz, com central técnica de João Vitor.

A equipe da emissora foi muito bem recepcionada pela assessoria do governador, que às 14h20 estava no estúdio para prestar informações a comunidade da carbonífera. Sartori iniciou a sua manifestação lembrando a importância histórica dos estúdios da Rádio Piratini, de onde foram transmitidas as manifestações da Campanha da Legalidade, citando o radialista Lauro Hagemann e Leonel Brizola. Dando sequência a entrevista, o governador falou da sua passagem por Charqueadas, São Jerônimo e Arroio dos Ratos, onde acompanhou obras na área da saúde e habitação. Lembrou que os desafios são muito grandes, mas que precisam ser enfrentados.

“Em Charqueadas a parceria entre o Governo do Estado, município e Hospital Vila Nova, vai proporcionar a reabertura do hospital, atendendo a comunidade e dando atenção também a área prisional”, disse o Governador.

Sartori vibrou também com a obra em São Jerônimo, o governador lembrou que o Estado já investiu mais de R$ 4 milhões no hospital, ressaltando que 50 leitos já estarão disponíveis no mês de setembro. “É uma obra que está planejada para ter 150 novos leitos, aumentando a capacidade para 250. Dando condições para melhorar a situação de referência regional e que vai contemplar ampliando centro cirúrgico, centro obstétrico e centro de esterilização.  Além de melhorar recepção e parte administrativa”, emendou.

O governador enalteceu a união de esforços entre Estado, Governo Federal e município na obra em Arroio dos Ratos, que permitiu a entrega de 238 moradias através do Programa Minha Casa Minha Vida para a comunidade. “Além das residências, entregamos um loteamento digno, com infra-estutura, rede de água, elétrica e esgoto, próximo a escola e com condição de transporte”, frisou Sartori.

Sartori também falou do reforço de 949 profissionais da segurança, divididos em todas as áreas: Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e IGP que irão atuar nos próximo dias.

Questionado sobre o carvão, o Governador falou do Polo Carboquímico, que ele regulamentou recentemente. Através de decreto, criou a política Estadual do Carvão Mineral, com comitê gestor do polo. Citou a assinatura do protocolo de intenções com a Copelmi Mineração para instalação de um complexo carboquímico na região do Baixo Jacuí. “A perspectiva junto com a Copelmi e com outros investidores internacionais é muito positiva. Aqui eu quero destacar a coragem que a nossa equipe teve quando começou a discutir o carvão. Provamos por A e mais B, visitando Alemanha, Estados Unidos e China que é possível sim, ter mineração e capacidade de não atacar o meio ambiente. Temos possibilidades de recuperar o mineral, criando um ambiente que tenha investimentos para essa área, inclusive para ajudar no progresso e desenvolvimento dessas comunidades”, completou.

O governador encerrou agradecendo a emissora, pela acolhida e respeito.  E disse que espera criar um caminho, trabalhando junto por um desenvolvimento harmonizado do Estado. “Temos que enxergar o futuro das nossas cidades, do nosso Estado e do nosso país. E o futuro só será feito quando tivermos capacidade de realmente praticar as mudanças e transformações que são necessárias”.