Justiça solta acusado de participar da morte de Ronei Júnior

A Justiça soltou da cadeia um dos acusados de envolvimento na morte de Ronei Faleiro Jr, 17 anos, ocorrida em agosto do ano passado na saída de uma festa em Charqueadas. Apesar disso, Rafael Trindade de Almeida, 18 anos, responderá ao processo de homicídio em prisão domiciliar. Ele é o décimo réu deste caso, havia sido preso em março deste ano e faz parte de um terceiro processo deste crime. O advogado Marçal Carvalho diz que seu cliente teve prisão preventiva revogada por não ter provas suficientes contra ele.

“Ele não participou do crime, apesar de ter presenciado o fato”, diz o advogado.

Outros nove réus, todos adultos, seguem respondendo por homicídio triplamente qualificado e por três tentativas triplamente qualificadas (o pai e um casal de amigos da vítima), por formação de quadrilha e por corrupção de menores, já que havia adolescentes entre os agressores. Oito destes acusados estão presos no regime fechado e um está em prisão domiciliar. Dos sete adolescentes que participaram do assassinato, dois foram absolvidos, um aguarda por julgamento e quatro foram condenados. Eles cumprem medida socioeducativa na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase).

Os outros nove réus foram interrogados no mês de março deste ano, são eles: Jhonata Paulino da Silva Hammes, Alisson Barbosa Cavalheiro, Cristian Silveira Sampaio, Geovani Silva de Souza, Leonardo Macedo Cunha, Matheus Simão Alves, Peterson Patric Silveira Oliveira, Vinícius Adonai Carvalho da Silva e Volnei Pereira de Araújo.

As informações são da Rádio Gaúcha.