Charqueadas | Audiência Pública debate Projeto Mina Guaíba

Na próxima quinta-feira (14), ocorre no Clube Tiradentes em Charqueadas, uma Audiência Pública para tratar do Projeto Mina Guaíba. O encontro é uma iniciativa da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luis Roessler – FEPAM.

Na manhã da segunda-feira (11), o Gerente de Sustentabilidade da Copelmi, Cristiano Weber participou do Programa Região por Dentro do Rádio da Gazeta do Jacuí FM. Ele abordou a importância da participação da comunidade na audiência, explanou pontos do projeto e respondeu sobre dúvidas frequentes referentes a pauta.

Segundo Weber, é o projeto de maior mina de carvão mineral do país.

“O Projeto Mina Guaíba é um projeto de mineração de carvão mineral, areia e cascalho, localizado nos municípios de Charqueadas e Eldorado do Sul”. Conforme Cristiano, a reserva está dividida em 50% em cada município.

De acordo com o gerente de sustentabilidade, durante o período de construção da mina, ao longo dos três anos, serão ofertados 331 empregos diretos e 83 empregos indiretos. A Mina terá uma duração de 30 anos e, neste período, serão gerados, aproximadamente, 1.150 empregos diretos e 3.360 empregos indiretos.

Cristiano explicou a questão de barragem dos rejeitos. Uma das principais dúvidas sobre o empreendimento. Segundo ele, o projeto elimina a necessidade da construção de barragem. Ele usou o termo “filtro-prensa” para explicar o procedimento. “Esses rejeitos serão separados durante o beneficiamento do carvão. Depois de separados do carvão, os rejeitos serão dispostos no fundo da cava da mina na posição onde eles se encontravam naturalmente junto ao carvão. Sobre os rejeitos no fundo da cava, serão dispostos outros materiais minerais que foram removidos de cima da camada de carvão”, emendou.